[Balada] O DJ espanhol Juanjo Martin fala sobre novidades, carreira e Brasil em uma entrevista exclusiva


Com seu novo projeto chamado ‘zoombeats’ e o hit Notice MeJuanjo Martin consagra mais uma fase de sucesso na sua carreira. O produtor de Maniac Millenium invade as pistas de dança de todo o mundo e fala um pouco sobre sua carreira para a nossa Revista. O DJ que sempre está no circuito Ibiza – Madrid – Barcelona é figurinha carimbada nas melhores discotecas do mundo. Passando por Space, Privilege, Pacha e Ushuaïa Beach Hotel.

Este ano, Juanjo Martin atua no projeto SuperMartXé, uma festa super badala na Espanha que tem como musa oficial, a socialite Paris Hilton. Mas o DJ sempre dá as caras por aqui, “ há muitos anos venho tocando no Brasil, sou encantado pelo público deste país” contou o artista. Nesta entrevista  exclusiva para a Revista Sempre Teen o DJ e produtor disse ainda que tem uma super novidade para os fãs brasileiros, mas ele guardou o segredo sobre sete chaves, “tenho uma colaboração com um artista brasileiro, fiquem atentos porque será uma bomba!”. 

Além de falar uma pouco da sua carreira, o espanhol também esclareceu sobre o sucesso que a música eletrônica vem tendo no mundo, é cada vez mais comum o aparecimento de DJs na mídia, para Juanjo "o motivo principal é que a música eletrônica começou a se misturar e colaborar com artistas pop, com artistas que vendem milhões de discos em seus respectivos estilos musicais. Essas colaborações fizeram estralar um “boom” para a música eletrônica que alcançou um público massivo  que antes não a conheciam".

DJ já esteve várias vezes no Brasil onde tocou em São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Búzios, tocando nas discotecas mais conhecidas do país como, The WeekPrivilege e  Heaven & Hell Festival. 

O que será que Juanjo está preparando para nossas noites brasileiras? Teremos mais um hit para embalar as pistas de dança deste país? Confiram na íntegra toda a entrevista!

2013-05-17 01.28.53

SEMPRE TEEN: Espanha é conhecida mundialmente por suas noites badaladas e Ibiza é referência no circuito das discotecas noturnas. Você gosta de tocar na Espanha? Já pensou em ser residente em outro país?

Juanjo Martin: Sim, obviamente é onde estou mais a vontade, pois conheço perfeitamente todos os sucessos e clubes, depois de mais de 20 anos de carreira. Nós espanhóis temos sangue latino e somos muito energéticos, gostamos de “nos mexer” e animar, pular... É por isso que essa energia latina me encanta. Já que Sempre Teen é uma revista brasileira, aproveitarei para dizer que o Brasil me encanta e que é um dos lugares que mais gosto de tocar. Cada vez que vou ao Brasil é especial e também é outro dos lugares que mais se dança. Não sinto falta da Espanha quando estou no Brasil.

SEMPRE TEEN: O que significa a música eletrônica para você?

Juanjo Martin: Bom, pra mim é mais que uma paixão e mais que meu trabalho, a verdade é que sempre fui muito audiófalo e tenho um estilo musical para cada momento, inclusive em um mesmo dia há momentos que prefiro escutar música eletrônica quando saio pra beber alguma coisa, quando estou mais animado, ou no carro. Já quando estou lendo meus e-mails de trabalho ou fazendo coisas mais “lights” prefiro escutar músicas mais tranquilas ou música espanhola. Penso que o gosto e a sensibilidade pela musica se entende nos sets de cada DJ, e é exatamente o que o público percebe... Ao fim, os que realmente curtem o seu “som” é porque é fã também do seu gosto e dos seus critérios musicais e sempre é possível colocar um toque carismático se você é um DJ energético e vibrante em uma pick-up. 

SEMPRE TEEN: Em qual cidade você gostaria de tocar? Você tem algum club de preferência?

Juanjo Martin: O mundo é muito grande e sempre haverá cidades para se descobrir, mas eu gostaria de tocar em Tokyo e Las Vegas, são cidades que tenho vontade de conhecer. Em Tokyo no club Womb e em Las Vegas no Ice.

SEMPRE TEEN: Você sempre quis ser DJ? O que te inspirou para investir nesta carreira?

Juanjo Martin: Sempre gostei de música, desde muito pequeno minha melhor maneira de desfrutar da música é fazer com que as pessoas dancem a música, e se estão dançando mixes criados por mim é um verdadeiro prazer. Cada dia dou graças a Deus por ter um trabalho que eu gosto e me inspira.

SEMPRE TEEN: Acredita que hoje em dia está mais difícil conseguir ser DJ?

Juanjo Martin: Neste caso, é muito curioso porque quanto mais meios, tecnologias e ferramentas existam mais fácil é começar e iniciar-se. Mas o difícil é conseguir ter reconhecimento. Antigamente a briga era para vencer os primeiros passos, uma vez que os vencesse já entrarias para o grupo e conseguiria conhecer a maioria dos grandes nomes que se dedicavam a mesma profissão que você. Hoje em dia existem tantos nomes e estilos musicais novos que é impossível dividir todos os fãs das músicas eletrônicas entre todos os artistas que existem. A consequência é que há menos trabalho para um número maior de artistas, temos que trabalhar muito mais para estar entre os tops, e há um grande número de DJs que estão começando e que não previram o que os esperava ao iniciarem suas carreiras neste momento tão complicado para a música eletrônica.

SEMPRE TEEN:  Quais são suas influencias musicais?

Juanjo Martin: Eu gosto de todo tipo de música. Desde música clássica até heavy metal. Qualquer som de qualquer estilo musical pode me inspirar na hora de criar meus próprios mixes. A Respeito da música eletrônica dos anos 90, me inspiravam DJs como Paul Van Dyk, Vincent de Moor, Ferry Corsten e na atualidade existem DJs que estão fazendo coisas diferentes, se arriscando... Como Avicii, Alesso, Axwell...

SEMPRE TEEN: Estão surgindo muitos estilos musicais baseados na música eletrônica. Você acha que a música eletrônica mudou muito nos últimos anos ou continua sendo a mesma coisa?

Juanjo MartinMas é claro! Mudou muito! Antes havia os estilos musicais de raiz, pouco a pouco, na busca dos novos sons, o inovador sempre foi mesclar estilos eletrônicos entre si e misturar estilos eletrônicos com estilos não eletrônicos. Hoje em dia quase não existe diferença entre o pop e a música eletrônica, e estamos começando a ter músicas muito parecidas ao RnB, com estilos como o Trapstep e o Dubstep. Com isso conseguimos que também se unam ao “trem” dos artistas pop e os artistas de outros estilos que até agora não conheciam a música eletrônica. Definitivamente há uma grande batalha e ilusão para vencer e estar entre os “top”, e somente uns poucos tem este privilegio.

SEMPRE TEEN:  Você curte tocar em festivais?

Juanjo Martin: Efetivamente tocar em festivais é um grande reconhecimento, aí costumam estar os artistas mais conhecidos do mundo e dividir a pick-up com os melhores é uma honra. Nos festivais é onde se apresentam os novos tracks e onde todo o público está aberto a dançar todo o tipo de estilos musicais. São as melhores festas.

SEMPRE TEEN:  Já pensou em alguma turnê?

Juanjo MartinNão fiz ainda, mas adoraria. Creio que esta é a estreita linha que separa as grandes estrelas do pop e rock das estrelas atuais da música eletrônica. Muitos Djs famosos já fizeram turnê internacional  como Avicii, Swedish House Mafia, David Guetta, Tiësto, etc...

SEMPRE TEEN:  Qual foram seus mixes de mais sucesso?

Juanjo Martin: Millennium. Sem dúvidas. Graças a Millennium pude tocar em muitas cidades e países que nem imaginava. A estratégia era fazer mmúsica boa, não tive que me preocupar se iria ter êxito ou não porque a música fez seu próprio sucesso. Todos gostaram de Millennium  e ainda hoje sigo recebendo Tweets e mensagens de fãs que dizem que Millennium é sua canção favorita de todos os tempos, e isso é alucinante para mim! Se passaram 4 anos e as rádios continuam tocando, as pessoas continuam a pedindo... É como uma campanha viral que nunca termina!

SEMPRE TEEN: As pessoas costumam pedir muitas músicas quando está tocando? Como você reage?

Juanjo Martin: Sim, isso acontece sempre. Não costumo me importar, a menos que o que me peçam seja é claro um remix criado por mim que gostem muito. Sempre sigo meu critério, se alguém me pede uma música, tem que se encaixar na sessão que estou desenvolvendo no momento, e se encaixa-se claro que a toco! Se não, sinto muito mas antes de mais nada é meu trabalho e há um numeroso publico na minha frente que está esperando um bom trabalho da minha parte, não posso agradar apenas uma única pessoa.

 SEMPRE TEEN: A música eletrônica de hoje em dia é mais reconhecida? Por que isso ocorreu?

Juanjo MartinPenso que o motivo principal é que começou a se misturar e colaborar com artistas pop, com artistas que vendem milhões de discos em seus respectivos estilos musicais. Essas colaborações fizeram estralar um “boom” para a música eletrônica que alcançou um público massivo e que antes não a conheciam. Quando se faz colaborações, unem-se dois grupos de fãs sempre, e isso soma, tanto em territórios, como em estilos musicais, como em culturas.

SEMPRE TEEN:  Você já tocou no Brasil? Onde?

Juanjo MartinLevo vários anos tocando no Brasil, amo o público brasileiro porque é um dos mais apaixonados do mundo. Toquei no Rio de Janeiro, Florianópolis, São Paulo, nestas 3 cidades toquei na The Week, e toquei em Búzios, na Privilege. Em Belo Horizonte toquei na Heaven & Hell Festival.

SEMPRE TEEN:  Tem algum Dj brasileiro que você goste?

Juanjo Martin: Ás vezes divido a pick-up com Ana Paula, é uma grande DJ e uma grande pessoa.

SEMPRE TEEN:  No Brasil a música eletrônica é muito popular. Alguma vez você teve medo de vir tocar no Brasil por seu estilo musical ser um pouco diferente do estilo que é mais comum nas discotecas brasileiras? Ou seu repertorio muda quando tocas em clubs brasileiros?

Juanjo Martin: No Brasil há gostos para todo o tipo de música eletrônica. Nos lugares que toquei é um estilo mais Tribal, no qual me sinto muito a vontade, agora meu estilo é EDM, mas sempre é um prazer misturar estilos. No Brasil sempre fui bem recebido.

SEMPRE TEEN: Você tem algum remix em português ou tem planos para produzi-lo?

Juanjo Martin: Pois, precisamente tenho uma grande surpresa que ainda vou comunicar e certamente vai agradar a todos os brasileiros. Se eu o dissesse seria o título da entrevista, risos. Pena que não posso dizer ainda! Logo poderei comunicar através de minhas redes sociais! Espero que estejam todos preparados então!

SEMPRE TEEN:  Gostaria de ter ou já tem alguma colaboração com um DJ brasileiro?
Juanjo Martin: Como eu disse na pergunta anterior, tenho uma colaboração de um artista brasileiro muito conhecido, estejam atentos porque será uma bomba!

SEMPRE TEEN: Você tem data para vir pro Brasil?

Juanjo Martin: Todos os anos vou na época do carnaval, mas quando tivermos datas confirmadas os informaremos.

SEMPRE TEEN:  Além da música, tem alguma outra paixão?

Juanjo MartinMeu filho, minha família, cinema, futebol e videogames.

SEMPRE TEEN:  Como é Juanjo Martin fora das pick-ups?

Juanjo MartinSou muito tranquilo, muito caseiro e sempre gosto de estar com minha família e amigos, desfrutando das coisas normais, como cinema, futebol, etc...

SEMPRE TEEN:  Poderia nos contar algumas novidades que esteja preparando para seus fãs?

Juanjo Martin: Neste momento estou cheio de trabalhos no estúdio, depois de toda a temporada em Ibiza com SuperMartXé, estive tocando todas as sextas-feiras em Privilege Ibiza, que é o club mais grande do mundo, e durante a semana fazendo tour por diferentes cidades. Acado de lançar, faz um pouco mais de um mês, um selo discográfico chamado Zoombeats, junto com meus companheiros JP Candela e Javi Reina, nós três somos donos  e diretores do selo e estamos produzindo novas músicas e apoiando a novos produtores para podermos dar a oportunidade a novos talentos e proporcionar uma plataforma aos artistas internacionais que acreditamos e para que tenham sucesso na Espanha. Acabo de lançar também a primeira referencia do selo, “Notice Me”, em colaboração com o cantor Chris Willis, certamente conhecem sua voz por alguns remixes de David Guetta como “Just A Little More Love”, “Love Is Gone” e “Gettin’ Over You”. Além disso, vem com remixes de eSQUIRE, que é um produtor da Inglês muito bom, e que o sigo desde muito tempo. JP Candela & Wallem Brothers, como donos do selo, Javi Reina & Rousseau,temos também Slander que é uma dupla da Califórnia que dará muito o que falar, eles estão sendo apoiados por Diplo, e por último, o remix de KitSch 2.0, outros titãs das produções. Estes, pessoalmente eu quis apostar, são originais da França e estão em pleno auge!

Muito obrigado pela entrevista e obrigado a todos os leitores da Revista Sempre Teen. Espero econtrá-los em minhas redes sociais.

Twiiter: Juanjo Martin
Facebook: Juanjo Martin

OUÇA OS HITS DE SUCESSO DO DJ 



VEJA O VÍDEO PROMOCIONAL SUPERMATRXÉ COM A SOCIALITE PARIS HILTON 



JUANJO PARTICIPA DE CLIPE DO PROJETO SUPERMARTXÉ
 

video

0 comentários:

Postar um comentário

+